Informação / Publicado em

Regras de segurança – II

MANUTENÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE GÁS

Solicite inspeções com a periodicidade definida por lei:

– A cada três anos, para instalações de gás afetas a edifícios e recintos classificados como utilização - tipo: III - administrativos; IV - escolares; V - hospitalares; VI - espetáculos e reuniões públicas; VII – hoteleiros e restauração; VIII - comerciais; IX - desportivos e de lazer; X - museus e galerias de arte; XI - bibliotecas e arquivos; XII - industriais, oficinas e armazéns;

– A cada cinco anos, para instalações de gás executadas há mais de 10 anos e que não tenham sido objeto de remodelação - cuja iniciativa e responsabilidade pertence aos proprietários.

Todas as alterações ou modificações na instalação existente devem sempre ser efetuadas por um técnico credenciado (*).

A nova instalação deverá ser objeto de inspeção por parte de uma entidade inspetora (*).

Qualquer válvula que não se encontre ligada a um equipamento a gás deve permanecer fechada e tamponada.

Quando efetuar obras no pavimento ou nas paredes da sua casa lembre-se que aí pode passar um tubo de gás. Procure identificar a localização das canalizações de gás na sua residência.

(*) Recorra sempre a técnicos credenciados pela DGEG (Direção Geral de Energia e Geologia), devidamente identificados com um cartão profissional, ao serviço de uma empresa instaladora/montadora também credenciada pela DGEG. Consulte a lista das empresas instaladoras/montadoras e das entidades inspetoras credenciadas pela DGEG.

Regras de segurança - II

Ao continuar a utilizar este site, concorda com a nossa Política de Cookies e com a nossa Política de Privacidade

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close